Estreia nesta quinta-feira (22) nos cinemas o longa-metragem paraibano Tudo Que Deus Criou, de André da Costa Pinto.

Rodado em 2012, o filme chega somente agora às salas, em distribuição modesta – são duas salas de exibição: uma no Rio de Janeiro, outra em Aracaju. Nas próximas semanas o longa deve chegar a outras cidades: São Paulo, Salvador, Natal, Maceió, João Pessoa e Campina Grande.

O filme é a estreia em longas do jovem diretor André da Costa Pinto, e marca ainda um diferencial: é o primeiro filme paraibano a conseguir estrear em circuito nacional.

Tudo Que Deus Criou

Letícia Spiller e Paulo Vespúcio em cena do filme

O longa mostra o cotidiano de uma família humilde da Paraíba: a mãe (Maria Gladys), doente e rabugenta; a filha (Guta Stresser), uma dona de casa frustrada, infeliz no casamento (o marido é vivido por Claudio Jaborandy); e o filho adolescente Miguel (Paulo Philippe), às voltas com a descoberta de sua sexualidade.

A energia sexual, aliás, é a força motriz do filme. Miguel é abusado pelo cunhado, gosta de se travestir e se envolve romanticamente com um vizinho (Paulo Vespúcio). A dupla acaba travando amizade com Maura (Letícia Spiller), uma garota cega e virgem cuja obsessão é perder a virgindade.

Um dos grandes trunfos do filme é a interpretação dos atores, todos brilhantes. Desnecessário elogiar a veterana Maria Gladys, sempre inesquecível. Guta Stresser surpreende, mostrando que é capaz de fazer muito mais do que o trivial apresentado durante 14 anos na sitcom global A Grande Família. Paulo Vespúcio tem uma presença fortíssima, assim como o jovem protagonista Paulo Philippe.

Mas quem rouba a cena é Letícia Spiller, criando um tipo muito especial: a cega Maura, fixada na ideia de conseguir transar, transita do hilariante ao comovente, e sempre transbordando humanidade. É desde já a melhor atuação da carreira da atriz.

A página do filme no Facebook traz maiores detalhes sobre a distribuição da obra, siga

Tudo Que Deus Criou

Paulo Philippe, Letícia Spiller e Paulo Vespúcio em “Tudo Que Deus Criou”

Sem mais artigos