Uma linha de trens que faz o percurso entre Londres, na Inglaterra, e Edimburgo, na Escócia, terá seu nome permanentemente alterado para Skyfall a partir do próximo dia 16. A mudança é uma homenagem a Operação Skyfall, o 23º filme da franquia James Bond.

 

O trajeto foi escolhido porque é o mesmo percorrido em um momento chave do filme por 007 (Daniel Craig) e sua chefe, M (Judi Dench). Além disso, em um determinado trecho, os trens passam por uma ponte chamada Royal Border, em Berwick Upon Tweed, extremamente parecida com a ponte Royal Varda que aparece na abertura de Operação Skyfall.

A primeira viagem contará com a presença das atrizes Naomie Harris (Eve) e Berenice Marlohe (Severine) e dos roteiristas Neal Purvis e Robert Wade, além de jornalistas convidados. Especialmente para a ocasião, uma plataforma londrina será renomeada 007 e os onze vagões terão decorações alusivas ao filme.

A linha, pertencente à empresa East Coast Trains, será aberta aos passageiros no dia 17 de fevereiro, partindo da estação Waverley, em Edimburgo, em direção a King’s Cross, em Londres.

Dirigido por Sam Mendes e lançado em novembro do ano passado, Operação Skyfall se tornou o filme britânico mais lucrativo de todos os tempos. Ainda em exibição em diversos países, ele já arrecadou US$ 1.09 bilhão e ocupa a sétima posição na lista de filmes de maior bilheteria da história do cinema.

Sem mais artigos