Martin Freeman, que vive Bilbo Bolseiro na franquia O Hobbit e o dr. John Watson na série Sherlock, acredita ser mais reconhecido pelo programa de TV do que pelos filmes do diretor Peter Jackson. Em entrevista ao site The Independent, ele falou sobre sua própria fama.


“Hoje, há mais crianças de 12 anos me procurando do que antes. Mas eu juro que ainda converso com muita gente que não faz ideia de quem eu sou. O que é ótimo para mim, uma vez que eu geralmente só quero comer um prato de macarrão em paz”, disse.

“[A série] Sherlock é uma das maiores coisas que eu fiz e vou fazer na vida. Nós não conseguiríamos prever a insanidade em torno do programa. Eu acho que recebo mais e-mails por causa de Sherlock do que por causa do Bilbo”, revelou.

Apesar de sua imagem de bom moço, ele garante que não é assim o tempo todo. “Se alguém tomar uma cerveja comigo verá que eu não sou tão legal assim. Eu não sou o Tim do The Office, apesar de muitos acharem que eu sou”, afirmou.

Freeman estará novamente nos cinemas como Bilbo no filme O Hobbit: A Desolação de Smaug, com estreia no Brasil marcada para 20 de dezembro.

Sem mais artigos