Depois de inúmeras imitações, citações, remakes e continuações, alguns clássicos filmes acabam ficando envelhecidos ou obsoletos. Mas outros não. Será esse o caso de O Massacre da Serra Elétrica (1974)?

A resposta poderá ser dada em breve. A versão digitalizada e remasterizada do clássico do horror chega aos cinemas norte-americanos ainda este mês, marcando o aniversário de 40 anos do filme.

A versão remasterizada teve uma première no Festival South by Southwest em março, contando com a presença do diretor da obra, Tobe Hooper.

“Eu não via o filme na telona há anos”, declarou ele à revista Variety na ocasião. “A cor e a luz estão espetaculares, mostrando detalhes que nunca haviam sido perceptíveis”. O próprio Hooper supervisionou o processo de modernização do filme – um trabalho realizado pela MPI / Dark Sky Films.

A turnê do filme nos cinemas americanos se estende por junho, julho e agosto. Espera-se que vá para outros países também – como o Brasil, talvez.

O Massacre da Serra Elétrica é um dos filmes seminais do terror no cinema moderno, inaugurando a onda de obras nas quais um psicopata alucinado e deformado persegue vítimas – em geral, adolescentes. A fórmula acabou banalizada nas intermináveis sagas Sexta-Feira 13 e A Hora do Pesadelo.

Sem mais artigos