Matt Damon revelou que quase assinou contrato para o papel principal em O Demolidor, antes do papel ser oferecido a seu amigo Ben Affleck. Em entrevista ao The Times, o astro de Além da Vida admitiu que ele desistiu do projeto porque tinha reservas sobre o diretor Mark Steven Johnson.

“Eu teria feito o Demolidor”, disse ele. “Ben e eu adoramos esses quadrinhos, mas eu não acreditava muito no roteiro e no diretor na época”, contou. Damon também admitiu que ele tem prazer de ver a mudança de percepção das pessoas sobre a mudança de Affleck a partir de seu último filme, Atração Perigosa, aclamado pela crítica.

CONHEÇA PERSONAGENS FAMOSOS QUE QUASE FICARAM COM OUTROS ATORES

A dupla tomou rumos diferentes na carreira depois de ganhar um Oscar de melhor roteiro por Gênio Indomável, com Ben Affleck aparecendo em filmes como Pearl Harbor e Gigli (massacrado por público e crítica) e Damon sendo aclamado por O Resgate do Soldado Ryan e O Talentoso Mr. Ripley.

“As pessoas sempre querem fazer uma distinção entre mim e Ben. ‘Ok, qual de vocês escreveu isso? Quem é o cara talentoso? Ah, sim, eu entendi, Ben é o cara do filme do Michael Bay e Matt é o cara do Anthony Minghella, certo?’, reclamou.

“A realidade é que se Michael Bay me oferecesse Armageddon quando Gênio Indomável estava na lata, que foi quando o Ben teve o papel oferecido, eu teria pegado também. Eu teria pego qualquer trabalho que qualquer diretor me oferecesse naquela época. E se fosse oferecido ao Ben o papel em O Resgate do Soldado Ryan, ele teria feito, mas de repente eu virei o sério. É tudo besteira”, comentou

Sem mais artigos