Fotos do filme The Iron Lady, com Meryl Streep como Margaret Thatcher

A Dama de Ferro

Meryl Streep, que recebeu o Oscar de Melhor atriz por interpretar Margaret Thatcher em A Dama de Ferro (2012), manifestou-se sobre a morte da ex-primeira-ministra do Reino Unido, aos 87 anos, nesta segunda-feira (8). Ao site The Wrap, a atriz disse que, apesar das controvérsias, Thatcher foi uma “pioneira”.

“Margaret Thatcher foi uma pioneira em relação ao papel da mulher na política, queira ou não”, disse Streep, em um comunicado, de acordo com o The Wrap.

“Suas medidas fiscais intransigentes sobrecarregaram os pobres. Sua abordagem de não intervir na regulamentação financeira levou à grande riqueza de outros”, ponderou. “Há o argumento de que sua inabalável lealdade à libra esterlina, quase emocional, ajudou o Reino Unido a sobreviver à tempestade das incertezas monetárias da Europa”, acrescentou.

Streep citou, ainda, o fato de Margaret Thatcher ter resistido “ao ódio e à ridicularização sem precedentes” e de ter se mantido fiel aos seus ideais, ainda que “equivocados e perdidos”. “Vejo isso como uma evidência de grandeza, digno de ser avaliado pela história”, disse. “O fato de ela substituir o sonho de ser princesa, alimentado por mulheres e meninas ao redor do mundo, por um outro sonho, a opção real de liderar uma nação, foi algo inovador e admirável”, argumentou.

Meryl Streep, que viveu Margaret Thatcher no cinema, diz que britânica foi 'pioneira'

Sem mais artigos