Meryl Streep assinou contrato para viver Emmeline Pankhurtst, líder do movimento de luta pelo direito ao voto feminino nos anos 1900, na Inglaterra, no filme Sufraggette.

O longa-metragem, que estreia em janeiro de 2015 e tem direção de Sarah Gavron, será estrelado por Carey Mulligan. Ela interpretará uma jovem ativista que, frustrada com protestos pacíficos, adota uma abordagem violenta.

Streep fará uma pequena, mas importante ponta – na vida reak, Emmeline foi presa e recebeu terapia de choque. Líder do movimento sufraggette, ela fundou a WSPU, União Política e Social das Mulheres nos anos 1900.

 

Sem mais artigos