Os integrantes do grupo humorístico britânico Monty Python, responsável por algumas das mais hilárias esquetes da história da TV, vão se reunir depois de 30 anos de separação. A grande notícia será anunciada oficialmente em uma coletiva de imprensa na próxima quinta-feira (21).

“Nós estamos nos reunindo e fazendo um show. É real. Eu estou bem empolgado com isso. Eu espero que nos dê muito dinheiro. Eu espero poder pagar a minha hipoteca”, disse, à BBC, Terry Jones, que é um dos fundadores vivos do grupo, ao lado de John Cleese, Terry Gilliam, Eric Idle e Michael Palin.

Na segunda-feira (18), Eric Idle havia anunciado em seu Twitter: “A apenas três dias da coletiva de imprensa do Python. Certifiquem-se de que os fãs de Python estejam alertas para o grande evento”.

Os Pythons fizeram sucesso com seu programa de esquetes Monty Python’s Flying Circus e seus filmes iconoclastas (tais como Em Busca do Cálice Sagrado e A Vida de Brian) no fim dos anos 60 até o começo dos 80. Graham Chapman, um dos seis integrantes originais, morreu em 1989. Muitas reuniões foram planejadas ao longo das últimas décadas, mas nenhuma deu certo.

Monty Python se reunirá depois de 30 anos de separação

Sem mais artigos