A atriz holandesa Sylvia Kristel, que protagonizou o famoso filme erótico francês Emmanuelle na década de 1970, morreu em consequência de um câncer aos 60 anos de idade, informou seu site nesta quinta-feira (18).

A atriz, que sofreu durante meses com um câncer de esôfago, morreu enquanto dormia.

Kristel, que será enterrada em cerimônia fechada, foi casada com o escritor Hugo Claus, com quem teve seu filho Arthur, e nos últimos anos foi “muito feliz” com Peter Brul, segundo o site.

A atriz ganhou fama internacional por seu papel em Emmanuelle, dirigido em 1973 por Just Jaeckin e que teve grande êxito internacional, e apareceu também em várias de suas sequências.

Além do clássico, atuou em cerca de 50 filmes internacionais, muitos de conteúdo erótico.

Sylvia Kristel iniciou sua carreira como modelo juvenil, e em 1972 foi escolhida Miss TV Europe, o que a tornou conhecida nos bastidores do cinema.

Outros papéis de destaque foram o de Lady Chatterley na adaptação para o cinema do famoso romance de D. H. Lawrence, e o de Mata Hari, no filme homônimo sobre a vida da espiã.

Na segunda metade dos anos 1970 a atriz teve problemas de dependência de drogas e álcool. Em 2003, descobriu um câncer de garganta de que chegou a se recuperar, e em seguida ainda participou de algumas produções.

Nos últimos anos a atriz morou em Amsterdã, onde expunha ocasionalmente suas pinturas.

Sem mais artigos