Se você é um dos muitos que consideram Nicolas Cage um péssimo cara para escolher papéis, saiba que ele não está nem aí. Em entrevista ao site Flickeringmyth.com, o ator de O Motoqueiro Fantasma e Perigo Em Bangkok disse que não se arrepende de seus filmes de ação (a maioria deles de qualidade questionável).

“As pessoas falam muito de eu ter feito vários filmes de ação. O motivo de eu ter feito isso é porque, antes, as pessoas diziam, ‘Você não é um herói de ação. Esqueça’. O que você viu foi um ator de drama atuando como um herói de ação, tentando achar personagens que eram interessantes dentro do gênero”, explicou.

“Agora, já tendo feito isso, eu quero focar no tipo de cinema dramático. Estou no processo de me reinventar. Estou retornando a minhas raízes, que são os personagens dramáticos, de espírito independente. Eu tirei um ano de recesso para reavaliar tudo que fiz, diferentes tipos de performance. Eu queria encontrar algo em que eu pudesse usar minha experiência de vida, minhas memórias e emoções”, disse.

O próximo filme de Nicolas Cage a chegar aos cinemas é Joe, com estreia nos Estados Unidos marcada para 11 de abril.

Sem mais artigos