Há 57 anos, no dia 15 de setembro de 1954, uma pequena multidão se aglomerou no cruzamento da Lexington Avenue com a 52nd Street, em Manhattan, Nova York, para assistir à gravação de uma importante cena de uma comédia que viria a se tornar um enorme sucesso. 

Mas o que talvez eles não soubessem é que presenciariam naquele dia o surgimento de um dos maiores clássicos do cinema: a sequência em que o vestido branco de Marilyn Monroe é levantado pelo vento provocado com a passagem dos trens do metrô, em O Pecado Mora ao Lado

A reação do público – principalmente dos homens que conseguiam ver as calcinhas de Marilyn – foi tão estrondosa que a cena precisou ter seu áudio gravado novamente, desta vez em um estúdio. E não foram só os editores do filme que não gostaram disso: Joe DiMaggio, marido da atriz na época, ficou furioso com a cena, gravada pouco antes dos dois se divorciarem. 

Mas o que importava é que aquele estaria destinado a ser um momento único, uma sequência que faria parte da história do cinema para sempre. O fascínio, inclusive, pode ser comprovado em junho deste ano: 56 anos após o lançamento do filme, o tal vestido foi leiloado e vendido por US$ 5.6 milhões. 

Pensando em clássicos, o Virgula montou uma galeria com outros momentos memoráveis do cinema. É claro que sempre vão existir pequenas injustiças e algumas ausências serão sentidas (e criticadas), mas nosso pequeno resumo tenta incluir diversos estilos e épocas. Veja as fotos no álbum acima e, CLICANDO AQUI, assista a cada uma das cenas. 

Sem mais artigos