Há 21 anos, o Halloween nos Estados Unidos tem outra tradição além das fantasias, abóboras e crianças pedindo doces de porta em porta. Desde 1990, a semana do Dia das Bruxas é também a semana de Treehouse of Horror, o episódio especial de terror de Os Simpsons.

O nome vem do fato de que, logo no primeiro, Bart, Lisa e Meg apareceram em uma casa construída em cima de uma árvore, contando histórias assustadoras.

Sempre divididos em segmentos, esses episódios não tem nada a ver com os tradicionais e mostram os personagens em situações completamente diferentes, inclusive morrendo em muitos casos.

CLIQUE AQUI PARA VER UMA GALERIA COM TODOS OS EPISÓDIOS

Outras características marcantes são os créditos com nomes adaptados, as citações e sátiras a filmes ou séries de TV e a presença dos alienígenas babões Kang e Kodos, às vezes como figuras importantes ou simplesmente em pequenas pontas (a aparição, aliás, é uma ordem expressa dada aos roteiristas: eles NUNCA podem ficar de fora).

Em 2011 o episódio foi ao ar no dia 30, véspera do Halloween. Dividido em três partes, a primeira história recebeu o nome The Diving Bell and Butterball e mostrava Homer paralisado após ser picado por uma aranha venenosa. A segunda, chamada Dial D For Diddly, foi uma espécie de homenagem ao seriado Dexter, com o certinho Ned Flanders no papel de serial killer. Encerrando o programa, In The Na’Vi mostrou Bart e Milhouse em uma missão especial no planeta de Kang e Kodos, onde eles assumiam a mesma forma dos alienígenas.


Sem mais artigos