Nova era de “O Exorcista” custou US$ 400 milhões para a Universal

O anúncio de que haveria uma nova trilogia de “O Exorcista”, clássico lançado em 1973, pegou muita gente de surpresa. E, ao que tudo indica, a novidade não foi nada barata para a Universal, que está produzindo o projeto.

Segundo a publicação americana Variety, a marca desembolsou US$ 400 milhões (mais de R$ 2 bilhões) para poder produzir as sequências do filme icônico. O plano é que os filmes sejam liberados em sua própria plataforma de streaming, chamada Peacock – que ainda não foi lançada no Brasil.

E as novidades não param por aí! Entre o elenco escolhido, um nome da versão original do longa se destaca: Ellen Burstyn. A atriz, que interpretou a mãe da protagonista Regan no filme original, agora participará da trilogia como Chris MacNeil. Leslie Odum Jr. também está no elenco da produção.

Sem mais artigos