Finalmente está chegando a hora. Nesta quinta-feira (17/12) acontece a estreia de Star Wars Episódio VII O Despertar da Força, que aterrisa nos cinemas brasileiros. Os fãs estão em polvorosa, mas tem muita gente que simplesmente desconhece a saga – não se interessa, nunca viu nenhum filme da franquia, etc…

2000px-Star_Wars_Logo.svg

Para quem “é desses”, os geeks adeptos de Star Wars bolaram várias maneiras da pessoa “se iniciar” na saga. E antes de começar essa jornada, é preciso tomar uma decisão: qual a melhor ordem para assistir aos 6 longas? Sim, porque existem simplesmente 4 ordens diferentes. Os sites gringos Den of Geek e Absolutely No Machete Juggling andaram analisando a questão, partindo do seguinte: qual a melhor ordem PARA UMA PESSOA QUE NUNCA VIU NENHUM FILME DA SAGA???

tumblr_mpvwh6UMOb1rtthw6o1_500

Colocada essa questão, o resultado está a seguir! Escolha a sua ordem…

ORDEM I – Ordem Cronológica de Lançamento dos Filmes
Essa é a ordem mais óbvia: assistir aos filmes na ordem em que eles foram produzidos, enfileirando assim:

Episódios
4, 5, 6, 1, 2, 3

Dessa maneira, seriam vistos Uma Nova Esperança (1977), O Império Contra-Ataca (1980), O Retorno de Jedi (1983), A Ameaça Fantasma (1999), O Ataque dos Clones (2002) e A Vingança dos Sith (2005).

Star-Wars-Drew-Struzan-Posters-e1315406745539

Para quem nunca viu a saga, essa ordem pode ser interessante, mas existe um obstáculo: as famigeradas alterações digitais feitas por George Lucas na trilogia velha (episódios 4, 5, 6), alterações essas que ele cometeu na época em que lançou a trilogia nova (episódios 1, 2, 3).

Como Lucas incluiu na trilogia velha imagens e personagens que só foram criados na trilogia nova, quem vê a trilogia velha antes da nova acaba sem entender alguns detalhes.

Star-Wars-Episode-VI-Return-of-the-Jedi-Ghost-Anakin-Skywalker-Darth-Vader-Yoda-Obiwan-Ben-KenobiO mais bizarro deles: o jovem Anakin Skywalker / Darth Vader surge como espírito na cena final de O Retorno de Jedi (Ep. 6), substituindo o “idoso” Anakin / Darth que aparecia ali antes. Mas o jovem Anakin só será apresentado e mostrado de fato no Ep. 2. Logo, quem vê o 6 antes de ver o 2 fica sem saber quem é o rapaz misterioso…

ORDEM II – Ordem Cronológica da Trama
Essa opção é mais óbvia ainda: assistir aos filmes seguindo a trama da história. Ficaria assim:

Episódios
1, 2, 3, 4, 5, 6

Star-Wars-Posters-3

Dessa maneira, a criatura que está vendo a franquia pela 1ª vez acompanha a narrativa de forma didática e “educativa”, seguindo os fatos pela ordem cronológica.

Mas os fãs da saga já perceberam o grave problema desta ordem: ela acaba com a surpresa de que Darth Vader é pai de Luke Skywalker.

spiler

Sim, porque a pessoa já fica sabendo, no Ep. 3, que os filhos gêmeos de Darth Vader (Luke e Leia) são separados no nascimento e que, portanto, Luke é filho do futuro vilão. Então a conclusão é: esta ordem não serve!

ORDEM III – Flashback Gigante
Esta ordem é bem interessante. Ficaria assim:

Episódios
4, 5, 1, 2, 3, 6

Ou seja: a pessoa vê os Eps. 4 e 5, descobre que Luke é filho de Darth, e fica refletindo: “Como assim, ele é filho do cara?! Mas como?”

darth-vader-luke

Aí, assiste aos Eps. 1, 2 e 3, que explicam tudo, desde a infância de Vader, etc. Tudo explicado, o espectador migra então para o Ep. 6, que dá continuidade a tudo que ficou em suspense no final do Ep. 5.

Assim, além de preservar a surpresa da paternidade e logo depois explicá-la, através de um “flashback gigante” (Eps. 1, 2, 3), essa ordem ainda mantém o suspense sobre o destino dos heróis, que ao final do Ep. 5 estão em desgraça (Luke perdeu a mão, Han Solo está sequestrado e congelado, etc.)

ORDEM IV – Machete
Por fim, a ordem conhecida como “Machete”, e que é a mais ousada e radical:

Episódios
4, 5, 2, 3, 6

Isso mesmo, essa ordem DESCARTA o Ep. 1. Não é preciso vê-lo. Justificativa: além do 1 ser o Ep. mais insosso de toda a saga, ele é descartável porque a maioria dos personagens morre no final. Logo, não há ligação com o resto da história.

gyl6BCO

Outras “vantagens” de ignorar o 1: desaparece o detestável personagem Jar Jar Binks, desaparece o chato garotinho Anakin / Vader infantil, e vão pro lixo as cenas confusas sobre os bastidores do poder no império.

Ainda, essa ordem valoriza o Ep. 6, O Retorno de Jedi, pois como o Ep. 3 termina com Vader assumindo de vez o lado negro, e o Ep. 6 começa com Luke surgindo todo vestido de negro, incluindo capa, surge o suspense de que ele pode ter passado para o lado negro da força. Ao descobrirmos, na batalha na corte de Jabba, que Luke ainda está “do bem”, a surpresa fortalece a já brilhante sequência de abertura do filme.

star-wars-episode-vi-return-of-the-jedi-20100812043313448

Para os defensores desta ordem, o Ep. 1 fica sendo uma espécie de “spinoff”, um “saiba um pouco mais” – pode ser visto ou não, não faz diferença.

Bom, depois dessa conferência, se você quer apresentar a saga para alguém que nunca a viu, ou se você quer brincar de “novo no ramo”, escolha uma dessas maneiras e boa viagem. E claro, lembre-se sempre… que a força esteja com você!

Eles quase atuaram em "Star Wars"...

Por incrível que pareça, George Lucas insistiu em Jodie Foster para o papel de Léia. Em 1976, a atriz estava com 13 anos (faria 14 em novembro daquele ano), e era estrela contratada da Disney, onde estrelava filmes juvenis. Jodie preferiu não romper com a Disney
Outra opção de Lucas: Amy Irving, que fez o teste de elenco, no mesmo dia, para
Terri Nunn era uma jovem atriz de séries de TV. Fez teste para Léia, mas não ficou com o papel. Em 1978 atuaria em
Cindy Williams tinha atuado em
E quem levou o papel, como sabemos, foi Carrie Fisher, filha da atriz Debbie Reynolds e do cantor Eddie Fisher
Charles Martin Smith também tinha atuado em
William Katt foi o mesmo caso de Amy Irving. Fez o teste para 2 filmes, e foi selecionado por dePalma para ser o galã de
O papel foi para Mark Hammil, conhecido das séries da TV americana e estreando no cinema
Acredite: Sylvester Stallone foi cogitado para viver Han Solo. O teste de elenco, pelo menos, ele fez. Stallone acabaria estourando em 1976 com
John Travolta também fez testes para
Christopher Walken tinha acabado de atuar em
Kurt Russell, então com 25 anos, foi a opção que George Lucas mais gostou para Han Solo. Mas ainda era um pouco jovem demais para o papel
Nick Nolte vinha de alguns sucessos no cinema e na TV - principalmente na série
Mais candidatos a Solo: Bill Murray, que em 1979 explodiria na comédia
...e Robert Englund, que tinha feito uma ponta no musical
E ainda: Burt Reynolds, que tinha atuado em
E até Jack Nicholson! Embora fosse improvável que o ator topasse ser Han Solo, pois havia acabado de ganhar o Oscar de Melhor Ator por
Resultado: o concorrido personagem ficou com Harrison Ford, então com 34 anos, e que havia atuado sob as ordens de Lucas em
Para fazer a sinistra voz de Darth Vader, Lucas queria o monstro sagrado Orson Welles. Mas ao mesmo tempo Lucas queria evitar nomes famosos no elenco do filme
Assim, quem fez a voz de Vader foi James Earl Jones, ator de 46 anos na época, veterano mas não muito conhecido. Em 76, ele havia atuado em

Nunca viu nenhum Star Wars? Se liga nessas dicas para se iniciar na saga

Sem mais artigos