Johnny Depp, que vive o índio Tonto em O Cavaleiro Solitário, acredita que o papel fará com que as crianças descendentes de índios nos Estados Unidos fiquem “orgulhosas” de sua cultura. No longa, o papel do personagem tem tanto destaque quanto o do protagonista, John Reid (Armie Hammer).


Em entrevista concedida ao programa televisivo de David Letterman, o ator comparou o filme com a série de TV em que foi baseado, exibido nos anos 50. “Desde que eu era pequeno, assistia à série de TV e sempre fui fascinado por ela. Eu adorava [o ator] Jay Silverheels. Mas eu ficava um pouco perturbado pelo fato de o Tonto ser mostrado como o coadjuvante, o garoto errante. Não soava bem. Por isso, é algo pelo qual sou apaixonado há um bom tempo”, afirmou.

“O fato de os índios norte-americanos terem sido mal representados horrivelmente, ao longo da história do cinema e da televisão, me fez pensar que essa seria uma grande oportunidade para mudar esse cliché e trazer de volta o respeito a essas pessoas, essas pessoas dignas”, acrescentou.

“O filme foi feito somente com boas intenções. E se houver 15 ou 20 crianças em uma reserva indígena em algum lugar que veja esse filme e fique orgulhosa de sua herança, orgulhosa de sua cultura… Que queira manter sua língua e suas tradições vivas, eu vou sentir que meu trabalho está feito”, afirmou.

Com direção de Gore Verbinski, o filme tem estreia no Brasil marcada para 12 de julho de 2013.

Sem mais artigos