Rapaz, imagine que barraco

Reprodução Rapaz, imagine que barraco

A briga do século (passado) quase aconteceu durante a Comic Con de Londres, realizada neste fim de semana.

Acontece que Lou Ferrigno, o intérprete clássico do Incrível Hulk nos cinemas, e Sam J. Jones, ninguém menos que o Flash Gordon, o loiro mais poderoso dos anos 1980 que tinha nada menos que uma música do Queen feita especialmente para sua trilha, se encontraram durante o evento. Só que a coisa foi longe de ser amistosa.

Os rapazes estavam dando autógrafos para fãs quando algo de errado aconteceu e eles começaram a discutir. Um fã contou ao The Sun que teve dedo apontado para todo lado e o embate estava a ponto de rolar real oficial. “Eles ficaram muito próximos, trocando acusações e um apontando o dedo para o outro”, contou Darryn, de 25 anos.

O confronto só não aconteceu porque o rapaz resolveu tomar uma atitude apaziguadora. “Havia muita gente ao redor dos dois, então precisei pedir que eles agissem como adultos, lembrando que ambos estavam ali pelos seus fãs”, afirmou.

Que encontro!

Divulgação Que encontro!

Não ficou muito claro o que motivou o desentendimento, mas parece que o Ferrigno estava bem revoltado e alegando que Jones o havia provocado nos bastidores.

Na saída, o Incrível Hulk não quis comentar e deixou a responsabilidade para o Flash. “Nós dois recusamos”, disse ele, que afirmou ter ouvido os fãs estimularem a briga.

Vale destacar que Lou Ferrigno tem 65 anos e 1,98m, enquanto Sam J. Jones tem 62 e 1,92m.

Uns homões desses, bicho.

Sem mais artigos