“Fecha na Prochaska! Fecha na Prochaska!”

Não entendeu a frase? Então você precisa conhecer mais o lado trash das transmissões do Carnaval das emissoras de TV brasileira. A história da Prochaska aconteceu com Otávio Mesquita, que fazia a transmissão do Carnaval pela Band, nos anos 80.

Nas décadas de 80 e 90, principalmente, assistir aos desfiles carnavalescos era um programa hilariante. Apresentadores insólitos, fatos inusitados, declarações bizarras: tudo isso virou coisa comum em tais transmissões. Ainda bem.

Vasculhamos o Youtube e encontramos, por exemplo, esta interessante entrevista gravada no Carnaval de 1988, com o então casal Claudia Raia e Alexandre Frota. Olha só.

E isso sem falar no Carnaval de 1985, quando Raia e Frota (que ainda não eram casados) desfilaram pela escola carioca Beija-Flor “vestidos” de Adão e Eva. Outro vídeo carnavalesco hilário é mais recente, e mostra a apresentadora Monique Evans tentando se comunicar com Henri Castelli. Detalhe: os dois estão um tanto aéreos:

“Achei o desfile do caralho!”, grita Chacrinha, o Velho Guerreiro Abelardo Barbosa, no Carnaval de 1987, entrevistado pela TV Manchete ao lado de Elke Maravilha. Duvida? Então assista:

E o Camarote do Faustão? Alguém lembra disso? Foi no Carnaval de 89, e o ainda gorducho Fausto Silva foi repórter – !!! – em pleno Sambódromo:

E o famoso Gala Gay? A transmissão dessa festa inenarrável já passou pela Band, Manchete e hoje reside na Rede Tv! O apresentador Otávio Mesquita sempre gostou de apresentar essa festa, como podemos conferir nesta edição de 1984:

O hoje Pânico Emílio Surita também sempre curtiu apresentar transmissões de bailes, como em 88, no Baile da Cidade no Scala, Rio. E neste vídeo ele comenta a festa – detalhe bem pitoresco: no meio da folia, a apresentadora pesca duas beldades: Monique Evans ( olha ela de novo! ) e Magda Cotrofe!

E que tal a sempre incrível Rogéria conversando com Kiki Pinheiro, filha de Helô?

Mas afinal, o que quer dizer “Fecha na Prochaska”??? Descubra:

Sem mais artigos