O Vingador do Futuro, remake com Colin Farrell e Kate Beckinsale

O Vingador do Futuro

O ator irlandês Colin Farrell, protagonista do novo O Vingador do Futuro, afirmou na quinta-feira (12), no Rio de Janeiro, que está preparado para as comparações com Arnold Schwarzenegger, estrela da versão original do filme.

“Sei que vai haver comparação. Eu gostava muito da versão dele, vi o filme umas três ou quatro vezes e até tentei entrar em contato com Arnold, mas ele não atende meu telefonema (risos)”, assinalou Farrell em entrevista coletiva em um hotel de Copacabana para o lançamento no Brasil do filme.

Segundo ele, a nova versão não é tão violenta quanto o original de 1990. “É difícil nesta época alguém investir com um orçamento tão alto em um filme muito sangrento, pois o objetivo é alcançar um público cada vez mais heterogêneo”, acrescentou.

Quanto à produção, Farrell disse ter gostado de fazer várias cenas sem a necessidade de dublês, mas admitiu que, em algumas gravações, as cláusulas de seu seguro de vida o impediram de realizá-las devido aos riscos.

O artista irlandês reconheceu que achou estranho beijar em algumas cenas a atriz Kate Beckinsale, esposa do diretor Len Wiseman. “É estranho beijar a mulher do diretor no set de gravação”, admitiu.

Colin expressou, também, que gostaria de interpretar um jogador de futebol, como era seu pai e profissão com a qual sonhava antes de se transformar em ator, mas não descartou atuar como um super-herói “se é que ainda sobra algum”, brincou.

Farrell se mostrou feliz por sua “tranquila” estada no Rio de Janeiro, onde, nos últimos dois dias, pôde passear pelas praias de Copacabana e Ipanema, visitar restaurantes, conhecer o Cristo Redentor e a favela Santa Marta sem o assédio dos fãs e da imprensa.

Além de elogiar o colorido da favela, disse que gostou do estilo dos biquínis brasileiros, que, em sua opinião, combinam com a areia das praias.

O Vingador do Futuro: Colin Farrell diz estar preparado para comparação com Schwarzenegger

Sem mais artigos