O famoso apresentador Jay Leno, da emissora “NBC”, encerrou na noite de ontem 22 anos ininterruptos de crítica política, entrevistas e entretenimento na televisão dos Estados Unidos, cercado de famosos como Billy Crystal e Oprah Winfrey, e sem deixar de lado sua marca registrada: a ironia.

O presidente americano, Barack Obama, que foi várias vezes convidado de Leno em seu mítico programa, não quis ser menos e embora tenha ido pessoalmente à despedida, enviou uma mensagem para o famoso apresentador em sua última noite à frente do programa.

“Jay, você fez um montão de brincadeiras sobre mim durante esses anos, mas não se preocupe: não estou incomodado”, disse Obama. “E não que isso tenha alguma relação, mas decidi que você será meu novo embaixador na Antártida. Espero que tenha um bom abrigo, engraçadinho”, brincou o presidente no discurso.

No entanto foi Crystal, o primeiro convidado de Leno há 22 anos, que liderou o musical de despida, para o qual contou com personalidades da cena pública americana como Jack Black, Kim Kardashian, Jim Parsons, Chris Paul, Sheryl Crow e Carol Burnett.

Alguns rostos da velha-guarda, como Charlie Sheen, e outros nem tanto, como Miley Cyrus, apareceram para lhe dar conselhos sobre o que fazer em sua aposentadoria, mas não foi até o discurso final que afloraram a emoção e as lágrimas no apresentador.

“Essa é a parte difícil”, confessou Leno, de 63 anos, enquanto falava do privilégio que foi para ele ter entrevistado de presidentes a astronautas, passando pela “nata” de Hollywood.

O programa terá cara e nome novos a partir de 17 de fevereiro com Jimmy Fallon, quem assumirá o programa noturno “The Tonight Show Starring Jimmy Fallon” na emissora “NBC”.

A atração, que estreará com U2 e Will Smith como convidados, mudará sua sede de Los Angeles para Nova York, a cidade onde nasceu, e será supervisado por Lorne Michaels (“Saturday Night Live”, “30 Rock”).

Fallon, vencedor do Emmy e do Grammy, começou sua carreira na TV com o show de humor “Saturday Night Live” em 1998, onde se tornou um dos favoritos do público.

Com “Late Night with Jimmy Fallon”, o apresentador foi frequentemente o número um desde sua estreia, em março de 2009, com uma média de 1,7 milhão de espectadores por noite.

Sem mais artigos