Para Karol Conká, traumas do passado interferiram no “BBB 21”

Quase um ano após o início do “BBB 21”, Karol Conká deu algumas declarações sobre sua participação no reality. Ela, que foi uma das sisters mais polêmicas de todas as edições do programa, responsabiliza alguns gatilhos do passado pelas atitudes que tomou durante o confinamento.

Em entrevista ao podcast “Lá em Alto Mar”, da influenciadora Laís Moreira, a cantora revelou que gatilhos relacionados ao seu pai – já falecido – foram acionados ao longo de sua estadia no programa.

“Eu percebi que estava muito amarga, muita gente me chamando de psicopata, falando pra eu ir me tratar. E foi isso que eu fiz. Percebi que tinha muita coisa mal resolvida, inclusive com meu pai”, disse a cantora. O pai de Karol Conká morreu há 14 anos por conta do alcoolismo.

Nos últimos dias, a artista tem falado um pouco mais sobre o reality global. Pelo Twitter, inclusive, ela brincou sobre a possibilidade de uma nova Karol Conká na casa este ano.  “Deus ajude que não tenha uma variante de Jaque Patombá na casa”, disse.

Para Karol Conká, traumas do passado interferiram no "BBB 21"

Sem mais artigos