A Presidência do Quênia felicitou nesta quinta-feira a atriz queniana Lupita Nyong’o, por ser a primeira pessoa do país ao ser indicada ao Oscar pela Academia de Hollywood.

Lupita foi indicada nesta quinta-feira (16) ao Oscar na categoria de melhor atriz coadjuvante por seu papel em 12 Anos de Escravidão.

“Felicidades a Lupita por sua indicação na categoria de melhor atriz coadjuvante na 86ª edição dos prêmios da Academia”, afirma a Presidência queniana em comunicado divulgado em sua conta oficial no Twitter.

“Esta indicação ressalta a promessa de um futuro brilhante para o talento interpretativo do Quênia e representa um grande passo para nossa indústria cinematográfica”, acrescenta a nota sobre a indicação da atriz, muito destacada pelos meios de comunicação quenianos.

Na disputa por este prêmio, também se encontram Jennifer Lawrence (Trapaça), June Squibb (Nebraska), Julia Roberts (Álbum de Família) e Sally Hawkins (Blue Jasmine).

Junto a Jennifer, Lupita parte como a grande favorita para ganhar o prêmio.

Filha de pais quenianos, Lupita Nyong’o nasceu no México em 1983, foi criada no Quênia e cursou seus estudos superiores nos Estados Unidos, onde se formou em Arte Dramática pela Universidade de Yale.

Presidência do Quênia felicita Lupita Nyong'o por indicação ao Oscar

Sem mais artigos