Daniel Craig pode estar com seus dias como James Bond contados. De acordo com o produtor da franquia 007, Michael G. Wilson, o ator deve deixar o papel ainda no auge, para evitar experimentar uma queda do interesse do público.

 

O mais curioso, porém, é que o mesmo produtor afirmou, no final do ano passado, que gostaria de ver Craig no papel por mais cinco filmes. Com isso, ele alcançaria a marca de oito longas e bateria Roger Moore, que interpretou o agente por sete vezes e é o mais duradouro James Bond até hoje.

Agora, o site MI6, especializado em notícias sobre o personagem, publicou uma declaração de Wilson dizendo que, caso Operação Skyfall comprove ser o melhor filme de Craig como 007, ele não vê problemas em substituí-lo em breve.

Pierce (Brosnan) era muito querido e os lucros estavam crescendo. Mas sabíamos que tínhamos que substitui-lo antes que começassem a cair. Bond é a estrela. Ele é maior do que qualquer ator que o interprete”, argumentou.

E a opinião dele parece ser confirmada por Roger Moore, que recentemente admitiu que fez um filme “a mais” e deveria ter parado em 007 Contra Octopussy, de 1983, sem participar de 007 – Na Mira dos Assassinos, de 1985.

Resta agora saber o que pensa Craig, que em abril deste ano disse que queria continuar no papel “até o dia em que for obrigado a parar”.

007 – Operação Skyfall, terceiro filme de Craig como James Bond, teve sua estreia no Brasil antecipada para 26 de outubro deste ano.

Sem mais artigos