Desde que James Cameron desistiu, no final do ano passado, os produtores da nova versão de Cleópatra procuram outro diretor. E agora já tem um favorito.

Paul Greengrass, de O Ultimato Bourne e Zona Verde, é o nome que o produtor Scott Rudin aponta como o mais indicado para dirigir o filme, que será estrelado por Angelina Jolie. “Muitos diretores querem fazer (o filme), mas existem apenas alguns com quem trabalharíamos”, disse Rubin ao site Deadline.

O projeto é bastante ambicioso, a ponto de já estar sendo comparado por executivos da Sony Pictures a E O Vento Levou, de acordo com o site.

Segundo Rudin, o filme será um épico histórico em 3D, e uma versão “revisionista e sofisticadamente adulta” do clássico de 1963, protagonizado por Elizabeth Taylor.

O produtor explica que, desta vez, Cleópatra terá uma personalidade diferente. “Ela não é uma gatinha sexy – ela é uma política, estrategista, guerreira. No filme de Joseph Mankiewicz, Elizabeth Taylor é uma sedutora, mas as histórias de Cleópatra foram escritas por homens. Esta é a primeira escrita por uma mulher”.

A mulher a quem ele se refere é Stacy Schiff, autora da biografia Cleopatra: A Life. O livro, vencedor de um prêmio Pulitzer, é a base para o roteiro do novo filme.

Sem mais artigos