Vem aí mais Kill Bill. O filme de 2004, que Quentin Tarantino lançou em duas partes, vai ganhar uma versão bônus: unindo os dois filmes num só. E segundo o site Digital Spy, Kill Bill: The Whole Bloody Affair terá inclusive uma longa sequência em animação.

E quem confirmou o fato foi o próprio Tarantino, durante a Comic-Con, que terminou no domingo (27) em San Diego. O cineasta revelou que havia escrito uma extensa sequência que seria feita como um anime, que estaria contido no filme original. Mas tal sequência acabou descartada, sem sequer ter sido produzida, e o que restou no filme foi a rápida sequência animada da infância da personagem de Lucy Liu.

“O estúdio japonês de anime, IG, disse que não poderíamos fazer a tempo. E que eu não poderia ter um trecho de 30 minutos de animação no meu filme”, contou Tarantino. “Eu disse OK. Era minha parte favorita, mas era a parte que dava para cortar”.

Tarantino relatou que o estúdio japonês, ao saber que seria realizada a versão extendida, resgatou o roteiro da sequência, realizou a animação – os tais 30 minutos – e nem cobrou pelo trabalho.

Sendo assim, Kill Bill: The Whole Bloody Affair terá esse anime de meia hora de duração. A má notícia: o filme será exibido em circuito limitado de salas, somente nos EUA, em 2015. Esperamos que chegue ao Brasil.

Sem mais artigos