Regina Duarte comemora 50 anos de carreira em 2012. Ao longo de meio século, a atriz deu vida a personagens marcantes como a superadora Malu, de Malu Mulher (1979), a espalhafatosa Viúva Porcina, de Roque Santeiro (1985) e a certinha Raquel Accioli, de Vale Tudo (1988). Para marcar o ano, a atriz ganhou, na noite de terça-feira (21), uma exposição em São Paulo que reconta sua trajetória.

Em meio a amigos, familiares, fotógrafos acotovelados, figurinos de novelas, fotos antigas e recentes, objetos que narram histórias de diferentes épocas, Regina participou da inauguração da exposição Espelho da Arte – A Atriz e Seu Tempo. Ao ser questionada sobre o saldo de sua carreira até o momento, respondeu: “É o sentimento de gratidão por todas as oportunidades que eu tive. Eu gostaria que meus filhos percebessem que há uma história feita de amor e muitas emoções”.

A atriz se diz incapaz de eleger a personagem que mais marcou sua carreira, mas deu pistas. “São todas muito queridas, mas a Porcina é muito amada por todos. E tem uma personagem que é muito pouco citada, mas que para mim possui um significado enorme, que é a Chiquinha Gonzaga, uma grande mulher da história do Brasil. Isso porque a minha filha [Gabriela Duarte] fez a primeira fase, e eu a fiz mais velhinha”, disse Regina, que atualmente está em cartaz na capital paulista com a peça Raimunda, Raimunda.

A exposição é disposta em oito cenários, que reproduzem ambientes domésticos de diferentes épocas. Entre as preciosidades do acervo, estão a reprodução do quarto da Viúva Porcina, com figurinos e objetos originais da novela Roque Santeiro, além de textos grifados pela atriz e figurinos originais.

Ivan Izzo, fã da atriz desde os cinco anos e amigo pessoal dela, é o curador da exposição. Ele conta que o processo de reunião de material durou três anos e que o acervo pessoal de Regina estava espalhado por quatro apartamentos da atriz. “Foi uma loucura reunir tudo”, disse.

Izzo, que é artista plástico e ator, teve a preocupação de realizar uma contextualização histórica da carreira da atriz. “Não se trata da divulgação de uma celebridade. A exposição retrata o panorama histórico da teledramaturgia no Brasil; são seus últimos 50 anos mostrados aqui. Por isso, desenhamos uma linha do tempo contextualizando o trabalho da Regina dentro dos acontecimentos do Brasil e do mundo. O artista é influenciado pela época, pelos livros que está lendo, pela música que está ouvindo, e tentamos mostrar isso”, argumentou.

A exposição, gratuita, esteve entre agosto e outubro no Rio de Janeiro, onde, de acordo com a organização do evento, recebeu mais de 18 mil pessoas. Em São Paulo, Espelho da Arte – A Atriz e Seu Tempo ficará aberta até fevereiro, no Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo.

EXPOSIÇÃO COMEMORATIVA DOS 50 ANOS DE CAREIRA DE REGINA DUARTE: ESPELHO DA ARTE – A ATRIZ E SEU TEMPO

Onde: Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo – Rua Jorge Miranda, 656, perto da Estação Tiradentes do Metrô – São Paulo (SP)
Tel: (11) 2155 3300
Quando: 22 de novembro a 24 de fevereiro de 2013 – terça a domingo, das 12 às 19h
Quanto: Entrada franca

Sem mais artigos