O “american way of life” é uma instituição. Esse jeito de ser, meio classe média, meio comercial de margarina, invadiu o mundo nos últimos 60 anos.

E o principal veículo de propaganda desse estilo de vida foi… a televisão. Através das sitcoms e seriados de TV norte-americanos, o mundo aprendeu a viver como as simpáticas famílias dos EUA.

Depois esse esquema passou a ser questionado, inclusive pelas próprias séries. E assim, programas de humor ácido e crítico ao núcleo familiar passaram a fazer muito sucesso, subvertendo o gênero.

Mas o fato é que a receita para uma série de sucesso continua sendo o retrato de uma família. Então acompanhe na galeria a linha do tempo das séries familiares e sua evolução na TV americana:

Sem mais artigos