Robert Pattinson quer tanto o papel de Jeff Buckley na cinebiografia do cantor, morto em 1997, que já está se empenhando em conquistar aliados. De acordo com o site Bleeding Cool, o galã da saga Crepúsculo se encontrou com a mãe de Buckley, Mary Guibert.

Pattinson falou sobre o assunto em uma entrevista ao Philippine Daily Inquirer, segundo o site. “Eu conheci a mãe dele, que é realmente incrível”, disse o ator que, no entanto, não faz ideia ainda sobre suas chances de protagonizar o filme. “Eu não sei. Realmente não depende de mim. Mas eu amo a música de Jeff. Ele era maravilhoso”, acrescentou.

Guibert será a produtora executiva da cinebiografia, cujo roteiro está sendo escrito por Ryan Jaffe, baseado no livro Dream Brother: The Lives And Music Of Jeff and Tim Buckley, de David Browne, que também deve atuar como uma espécie de consultor.

Mas, mesmo que consiga o papel de seus sonhos, Robert Pattinson ainda não sabe como vai fazer em relação às músicas do ídolo. Apesar de também cantar e tocar (ele inclusive já compôs para a trilha da saga Crepúsculo), ele se mantém humilde em uma comparação.

“Eu não acho que eu possa cantar como Jeff. Ele era único. E eu também não consigo tocar guitarra como ele. Envolveria muito trabalho. Se alguém imitasse a voz de Jeff, não seria certo. Tudo tem a ver com o roteiro. Você não faz ideia de como ele vai representar alguém”, concluiu.

A direção do filme, ainda sem nome, será de Jake Scott (Welcome to the Rileys) e as filmagens devem começar por volta de setembro deste ano.


CONHEÇA TODAS AS CINEBIOGRAFIAS DE CANTORES QUE VEM POR AÍ

Sem mais artigos