2668287442-robin-wright-como-claire-underwood-personagem-da-serie-house-cardsDivulgação

Recentemente, Robin Wright, a maravilhosa Claire Underwood de House of Cards, exigiu receber o mesmo salário de Kevin Spacey, protagonista da série ao seu lado. Em uma conversa com filantropos e a imprensa, na Rockfeller Foundation, ela afirmou: “existem poucos filmes ou séries em que o homem, o patriarca, e a mulher são iguais. E em House of Cards eles são”. Wright, que é produtora e diretora ocasional do seriado exibido pela Netflix, disse ainda que ela estava enfrentando um “perfeito paradigma”.

Robin não desistiu do que queria e ameaçou ir a público se não a tratassem com justiça. “Eu pesquisei as estatísticas e Claire Underwood chegou a ser mais popular que Frank em um período de tempo. Então, eu capitalizei em cima disso. Eu falei: ‘é melhor você me pagar ou eu vou levar essa questão a público’. E eles me atenderam”, contou.

Em 2014, Kevin Spacey estava ganhando US$ 500 mil por episódio e surgiram boatos de que esse número dobrou na quarta temporada. Enquanto isso, a Forbes afirmou que Robin Wrigth ganhou US$ 5,5 milhões no ano passado, recebendo US$ 420 mil por episódio.

 

Sem mais artigos