O diretor franco-polonês Roman Polanski ganhou nesta sexta-feira (28) o César de melhor diretor por La Vénus à la fourrure (sem título em português), na 39ª edição dos prêmios da Academia Francesa de Cinema.


O cineasta, de 80 anos, soma assim seu oitavo César – três deles como melhor diretor – ao longo de uma carreira iniciada nos anos 50.

“Não esperava”, disse o diretor ao receber o prêmio pela direção de La Vénus à la fourrure, um inteligente e sensual relato com tinturas sadomasoquistas da relação entre um diretor e uma atriz, que no longa-metragem é interpretada Emmanuelle Seigner, de 47 anos.

A atriz é há mais de três décadas a esposa de Polanski, com quem tem dois filhos e juntos já fizeram quatro filmes.

Na edição de 2013, o César de melhor diretor foi para Michael Haneke, por Amor.

Sem mais artigos