Stacy Martin, que fez a versão mais jovem da protagonista Joe em Ninfomaníaca, novo filme de Lars Von Trier, falou sobre a gravação das cenas de sexo no longa. Em um vídeo promocional do filme, ela disse que essa foi “a situação menos excitante” em que ela já esteve.

Sobre assistir ao filme, depois de editado, a atriz disse: “É incrível o que dá para fazer hoje com efeitos especiais. Eu claramente sei que não fiz sexo, mas realmente parece que estou fazendo. Quase me convenceu”.

“Algumas vezes, fazíamos a cena antes e depois gravavam a cena com dublês pornô. Ou os dublês começavam a gravar, para decidir a melhor posição para filmar e, depois, eu entrava em cena e copiava a posição. Foi extremamente técnico. As pessoas perguntam, ‘Você ficou excitada com isso?’. Não. Essa é a situação menos excitante em que já estive na vida. Alguém está dizendo para você levantar o dedo mindinho, já que a garota estava naquela posição. Você tem vários pontos pretos pintados pelo seu corpo. É muito mecânico e técnico”, disse.

Stacy falou sobre a direção de Von Trier para as cenas eróticas: “Ele queria que fosse feio e que fosse real porque isso é o que é, no fim das contas”. Para ela, o fato de o diretor ter tornado as cenas tão realistas impediu que o filme fosse confundido com um pornô. “As pessoas podem ficar chocadas com o fato de não ser um pornô. Eu não sei de alguém que viu o filme e ficou excitado. Eu não fiquei, mas também não assisto a filmes pornô”.

Ninfomaníaca acompanha “a evolução erótica” de uma mulher dos 12 aos 50 anos. A trama mostra a protagonista Joe (Charlotte Gainsbourg/ Stacy Martin) contando sua vida sexual a um homem mais velho, após ele a encontrar ferida e inconsciente em um beco.

O filme é dividido em duas partes. A primeira estreou no Brasil em janeiro. O Volume 2 tem estreia marcada para o próximo dia 13 de março.

Assista à entrevista de Stacy Martin (em inglês):

Sem mais artigos