Quando divulgou sua lista com os 20 filmes que mais gostou em 2010, Quentin Tarantino não imaginou que tanta gente daria tamanha importância a ela. Mas agora, com a repercussão, ele se viu obrigado a justificar uma ausência: a de Um Lugar Qualquer, de Sofia Coppola.

A explicação foi dada ao Vulture, blog da New York Magazine. E por que, afinal, justamente o filme que ganhou o prêmio principal no festival presidido por Tarantino (Venice) ficou de fora?

“Eu estou um pouco envergonhado por isso, na verdade. Porque nunca tive nada contra Um Lugar Qualquer ou contra Sofia. Eu simplesmente não considerei nenhum dos filmes que assisti em Veneza na hora de fazer a lista”, explicou o cineasta.

Ainda segundo Tarantino, ele entendeu que estava “a serviço” e não vendo os filmes “cinematograficamente, independentemente”. E ele garantiu ainda que, se pudesse voltar no tempo, colocaria o filme de sua ex-namorada Sofia em uma alta posição em sua lista.

“Agora eu gostaria de tê-lo colocado lá – eu pensei que ninguém ia prestar atenção (na lista). Se eu soubesse que seria assim, eu o teria colocado no meu top ten”, ressaltou.

Para quem não viu, a tão comentada lista dos 20 filmes favoritos de Quentin Tarantino em 2010 é a seguinte:

1. Toy Story 3
2. A Rede Social
3. Reino Animal
4. I Am Love
5. Enrolados
6. Bravura Indômita
7. Atração Perigosa
8. Greenberg
9. Cyrus
10. Enter the Void
11. Kick-Ass: Quebrando Tudo
12. Encontro Explosivo
13. O Pior Trabalho do Mundo
14. O Vencedor
15. O Discurso do Rei
16. Minhas Mães e Meu Pai
17. Como Treinar Seu Dragão
18. Robin Hood
19. Amer
20. Jackass 3-D

Sem mais artigos