A produção da série Two and a Half Men, suspensa provisoriamente por problemas pessoais de seu protagonista, Charlie Sheen, foi cancelada para o resto da atual temporada. Segundo informaram na quinta-feira (24) o canal CBS e a Warner Bros. Television, a decisão foi tomada depois de Sheen insultar o criador da série, Chuck Lorre.

“Baseadas em todas as declarações de Charlie Sheen, sua conduta e seu estado de saúde, a CBS e a Warner Bros. Television decidiram deter a produção da série para o resto da temporada”, indicaram. A previsão era que Sheen, de 45 anos, voltasse a gravar a série na próxima semana, após ter sido internado com urgência no final de janeiro em um hospital de Los Angeles.

RELEMBRE AS CELEBRIDADES ENCRENQUEIRAS

O ator deu entrada no centro médico depois de vários dias de festas em sua casa, nas quais a imprensa especulou que havia abundante droga. Após deixar o hospital, Sheen iniciou um tratamento de reabilitação em sua casa e as gravações da série foram suspensas até que seu protagonista se restabelecesse.

Quando tudo indicava que a produção seria retomada, porém, Sheen lançou uma série de insultos voltados a Chuck Lorre, o criador do programa, em entrevista a uma rádio americana. O ator indicou que a série não poderia continuar sem a sua presença.

“Vigiai vossa estúpida audiência. Façam o que têm de fazer. Eu irei fazer filmes com grandes estrelas e não trabalharei com idiotas”, acrescentou o ator.

Temporada de Two and a Half Men é cancelada por problemas com Charlie Sheen

Sem mais artigos