Enfim, depois de quase um ano de espera graças ao ataque de nervos anti-semita, racista, sexista e alucinado do ex-galã Mel Gibson (Máquina Mortífera e Mad Max), enfim a produtora Summit Entertainment está sentindo-se um pouco mais confiante para colocar em circulação o seu novo filme, <i>The Beaver</i>, estrelado por Gibson e pela veterana Jodie Foster.

O ator se envolveu em um enorme escândalo de violência doméstica depois do vazamento de uma gravação contendo ameaças feitas por Mel à sua namorada Oksana Grigorieva,  que resultou no rompimento entre o astro e a WME, agência que representava Mel Gibson. Segundo a agência o rompimento nada teve a ver com os escândalos recentes envolvendo ameaças à  sua ex-mulher, mas era uma decisão tomada há tempos que se tornou definitiva depois do falecimento do agente Ed Limato, que tinha uma longa relação com o ator.

Tudo balela, é claro. Mas, como se a situação já não estivesse ruim o bastante, Gibson ainda perdeu a participação que faria na sequência da comédia Se Beber, Não Case, já que a decisão não teve o apoio absoluto da equipe do filme, novamente por conta das ameaças do ator à sua namorada.

O cineasta Todd Phillips e os estúdios tinham decidido chamar o ator para fazer um papel pequeno que interpretaria um tatuador de Bangcoc, mas a notícia causou um grande alvoroço entre os diretores e produtores.No fim das contas, quem ficou com o papel foi Liam Neeson, que depois de gravar veio a público para dizer que Mel não estava chateado por ter perdido a “pontinha” na comédia.

Com a situação um pouco mais calma, os estúdios estão pensando em colocar The Beaver em circulação no começo da primavera americana. O longa conta a história de um homem em profunda depressão que acaba encontrando refúgio para suas angústias ao vestir um fantoche de castor em sua mão. Sugestivo, não?

The Beaver tem previsão de estreia para 2011, mesmo sem data confirmada. Além de Gibson e Foster, também integram o elenco Jennifer Lawrence e Anton Yelchin.

Sem mais artigos