O ator americano Tom Hanks vai interpretar no cinema Richard Phillips, o capitão da marinha americana sequestrado por piratas somalis em abril de 2009, informou nesta terça-feira o site Deadline.

O projeto, com roteiro de Billy Ray (Intrigas do Estado, 2007), contará com a produção de Scott Rudin, Michael DeLuca, Kevin Spacey e Dana Brunetti, a equipe por trás de A Rede Social.

Os estúdios Columbia Pictures adquiriram os direitos sobre o livro A Captain’s Duty, escrito por Phillips, em 2009. O objetivo é revisar a história do capitão do Maersk Alabama e dos fatos acontecidos quando se dirigia a Mombaça (Quênia) e foi aprisionado.

O Maersk Alabama, tripulado por Phillips e seus companheiros, navegava próximo do litoral da Somália quando foi abordado por piratas no dia 8 de abril de 2009. Phillips pediu aos 20 membros da tripulação que se trancassem em um camarote e se ofereceu como voluntário para garantir a segurança de sua equipe.

O capitão foi resgatado pela marinha americana após passar cinco dias sequestrado em um bote salva-vidas.

O episódio atraiu a atenção da mídia internacional e até resultou em declarações do presidente americano, Barack Obama, que, ao ser informado de sua libertação, admirou a “coragem do capitão Richard Phillips”, a quem qualificou de “modelo para os Estados Unidos”.

Hanks acaba de fechar o contrato da filmagem de outro projeto produzido por Rudin: Extremely Loud and Incredibly Close, para o estúdio Warner Bros.

Sem mais artigos