Cartazes psicodélicos dos filmes Moby Dick, Hello, Doly e Os Caça-Fantasmas

Os cartazes da galeria abaixo parecem ter saído de uma viagem de ácido direto para o papel. Artistas da ex-Checoslováquia, atual República Tcheca e Eslováquia, criaram, nos anos 60, 70 e 80, versões muito peculiares para cartazes de filmes clássicos norte-americanos. Algumas peças estão à venda no site Terry Posters. 

Alô Dolly , 12 Homens e Uma Sentença, Um Estranho no Ninho, Moby Dick, ChinaTown são alguns títulos que ganharam pinceladas surrealistas e dadaístas pelas mãos de artistas gráficos como  Zdeněk Ziegler,  Jan Kubíček, Miloš Reindl, Jiří Balcar. 

Boa viagem!

 

Versão psicodélica de cartazes de filmes clássicos norte-americanos

Apocalype Now (1979),  de Francis Ford Coppola. 

Artista: Waldemar  Swierzy
Easy Rider (1969), de Dennis Hopper 

Artista: Josef Vyleťal
Os Caça-Fantasmas 1 (1986), de Ivan Reitman 

Artista: Petr Poš
Flipper's New Adventure (1964), de Leon Benson 

Artista: Jindřich  Čech
Hello, Dolly (1969), de Gene Kelly 

Artista: Eva Galová-Vodrážková
A Pantera Cor de Rosa (1963), de Blake Edwards 

Artista: Bedřich Dlouhý
Cinderella, (1950), de Clyde Geronimi, Jackson Wilfred, Luske Hamilton  

Artista: Karel Vaca
Moby Dick (1956), de John Huston 

Artista:  Jiří Balcar
Juventude Transviada (1955), de Nicholas Ray 

Artista: Eva Galová-Vodrážková
Indiana Jones e o Templo da Perdição (1984), de  Steven Spielberg 

Artista:   Milan Pecák
O Planeta dos Macacos (1968), de  Franklin J. Schaffner 

Artista: Vratislav Hlavatý
A Rosa Púrpura do Cairo (1985), de Woody Allen 

Artista: Karel Teissig

Versão psicodélica de cartazes de filmes clássicos é uma viagem. Vem ver

Sem mais artigos