David e Victoria Beckham

Antes de ser uma das cinco Spice Girls, ter quatro filhos lindos e se tornar uma das estilistas mais reconhecidas da sua geração, Victoria Beckham também era uma adolescente insegura. Ela conta sobre seus medos na edição de outubro da revista Vogue britânica. A ex-modelo e cantora escreveu uma carta emocionada para ela mesma aos 18 anos. Primeiro, Victoria comenta sobre como se achava inferior às outras meninas na escola de dança.

“Eu sei que você está sofrendo agora. Você não é a mais bonita, nem a mais magra, nem a melhor dançarina do Laine Theatre Arts. Você nunca realmente se encaixou em algo, embora tenha compartilhado os tempos de escola com meninas muito legais. Você sofre com acne. E você acha que o professor lhe colocou na última fila na parte de trás do show (em um collant roxo de lycra humilhantemente brilhante) porque você está muito gorda para ir para a frente (isto pode ser verdade ou não).”

A ex-Spice Girls, de 42 anos, também falou sobre amor e sobre como conheceu David Beckham, seu marido há 17 anos.

Victoria Beckham

“Aprenda mais sobre futebol, principalmente sobre as regras de impedimento. E, sim, amor à primeira vista existe. Vai acontecer com você no lounge dos jogos do Manchester United – como você estava um pouco bêbada, os detalhes exatos estão meio nebulosos. Enquanto os outros jogadores de futebol estão no bar bebendo com seus amigos, você vai ver David de lado com sua família. (Ele não está nem no time principal neste momento – você é a famosa ali). E ele tem um sorriso muito fofo. Você também é próxima à sua família, então vai pensar o quanto são parecidos. Ele vai pedir seu telefone (ele ainda guarda o bilhete de avião de Londres para Manchester em que você escreveu o número).

Victoria falou também sobre moda.

“Você vai se divertir muito com suas roupas – principalmente os macacões justos, as gargantilhas que dizem coisas absurdas e um cabelo loiro espetado estranho. Mas nunca vai passar pela sua mente que estaria ridícula. Você vai aparecer em premiações parecendo uma drag queen. Mas eu olho para você e sorrio. Eu amo o fato de você se sentir livre para se expressar. A moda vai assumir uma estatura na sua vida um dia, mas tente não ser sufocada por ela. Você vai aprender com o tempo, a trocar os saltos por sapatos confortáveis, os mini vestidos por camisas brancas. E você nunca vai ser uma daquelas pessoas que apenas rola para fora da cama.

Sem mais artigos