A Warner conseguiu estrear Se Beber, Não Case! Parte II nos cinemas sem problemas, mas quer evitar dor de cabeça no lançamento do DVD. Depois de ser processado pelo tatuador Victor Whitmill, o estúdio vai alterar digitalmente a tatuagem no rosto de Stu, personagem de Ed Helms.

Em abril, foi revelado que Whitmill queria barrar a estreia do filme, alegando que a Warner havia copiado – sem autorização – o desenho que ele fez especialmente para o rosto de Mike Tyson, e sobre o qual teria direitos exclusivos. Ele entrou na justiça e apresentou como prova um documento assinado pelo ex-boxeador, confirmando a história (leia mais aqui).

Um novo julgamento havia sido marcado para agosto deste ano, mas agora foi adiado para 21 de fevereiro de 2012, dois meses após o lançamento do DVD. A estratégia da Warner faria com que, caso Whitmill ganhe o caso, o estúdio seja obrigado a pagar uma indenização apenas sobre os lucros obtidos com a bilheteria nos cinemas e não com as cópias vendidas.

Independente da disputa judicial, a Warner já se prepara para o encerramento da trilogia. Capa da próxima edição da revista Rolling Stone, o ator Zack Galifianakis adiantou que seu personagem, Alan, será o centro das atenções em Se Beber, Não Case! 3 



Sem mais artigos