Visite o cenário de suas séries preferidas

A mansão mal assombrada conhecida na série como
A principal casa da série realmente fica em uma área residencial no estado do Novo México, nos Estados Unidos. Mais precisamente na rua Negra Arroyo, 308, na cidade de Albuquerque. Por causa do grande número de visitantes, os moradores instalaram sistemas especiais de segurança, mas autorizam tirar fotos da fachada
O castelo da famosa série é o Highclere Castle, que fica em West Berkshire, na Inglaterra. Ele é aberto ao público cerca de 60 dias por ano, por isso confira as datas antes de agendar a visita
O prédio onde moravam Monica, Rachel, Chandler e Joey é ponto turístico super frequentado em Nova York. Na série, aparece apenas a fachada da construção que fica na esquina das ruas Bedford e Grove no bairro do Greenwich Village. Super vale a visita!
Apesar de nada segura na série, o local que serve de locação para a cidade fictícia de Kingsroad é lindo, tranquilo e aberto ao público em Dark Hedges, na Irlanda do Norte. Uma curiosidade: as árvores foram plantadas ao longo de toda a avenida no século 18 a pedido da família real britânica
A série da NBC se passa em Baltimore, nos Estados Unidos, mas na verdade o prédio do escritório do Dr. Hannibal Lector fica em Toronto e é uma construção anexa à igreja St. Andrews
Toda a série foi gravada no Havaí, em especial na praia de POlice Beach, em Oahu. Até um tempo atrás, existiam placas sinalizando exatamente o ponto de algumas cenas. Mas, mesmo sem elas, os fãs com certeza vão conseguir identificar alguns lugares!
O escritório de Olivia Pope fica nos andares superiores do Palace Theatre, localizado na Broadway, 630, em Los Angeles. O teatro é aberto para visitação, mas o set de gravação infelizmente não
A fachada do icônico apartamento de Sherlock Holmes fica na North Gower Street, 187, em Londres. E, como na série, fica no mesmo prédio do Speedy's Café, que agora é famoso por causa da série. E, se der sorte, você pode até encontrar os protagonistas Benedict Cumberbatch  Martin Freeman filmando algumas cenas por lá. Já imaginou?
A rua principal da cidade de Senoia, na Georgia, nos Estados Unidos, foi o local de inspiração e gravação das cenas na fictícia cidade de Woodbury na série de zumbis
O restaurante onde se passam famosas cenas da série existe e é o Holsten’s Brookdale Confectionaery Ice Cream Parlor, que fica em Bloomfield, Nova Jersey. Quando o ator James Gandolfini morreu em 2013, o local deixou a mesa em que ele se sentou para a gravação um mês reservada como homenagem. Atualmente, ela fica fechada apenas aos sábados quando excursões que passam por pontos turísticos da série visitam o local. Nos outros dias, ela é usada normalmente
O restaurante The Mhystic Grill que aparece tanto na série é real e exatamente igual. Ele fica em Covington, no estado da Georgia, e foi usado para as gravações do programa
Toda a série foi gravada no Havaí, em especial na praia de POlice Beach, em Oahu. Até um tempo atrás, existiam placas sinalizando exatamente o ponto de algumas cenas. Mas, mesmo sem elas, os fãs com certeza vão conseguir identificar alguns lugares!

Os cenários são parte muito importante nas séries e filmes porque criam o ambiente perfeito. Quem nunca quis ver de perto o castelo de Downton Abbey, ou o apartamento da Rachel e da Monica de Friends? Quem sabe passear pelos lindos cenários de Game of Thrones ou sentar na mesa do restaurante mais frequentado pela Família Soprano?

Tudo isso é possível! Por isso listamos 12 locais famosos de várias séries que valem ser incluídos nos roteiros de viagem. Partiu?!

Veja fotos criativas de turistas no Salar de Uyuni, na Bolívia

Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.
Com mais de 10 mil quilômetros quadrados, o Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e se tornou um disputado destino turístico no sudoeste da Bolívia, próximo da fronteira do Chile e da Cordilheira dos Andes.  Seu incrível nivelamento - a variação de altitude em toda a área é de no máximo um metro - foi resultado de milhares de anos de transformações de uma área tomada por lagos pré-históricos em um passado distante.  Quando começa o verão, o deserto de sal fica coberto de água, transformando-o em um imenso lago com profundidade média de 30 cm. São nestes locais mais rasos que o deserto se transforma em um imenso espelho d'água, onde o horizonte de confunde com o céu.  Este fenômeno é um prato cheio para os turistas, que aproveitam o reflexo da água e a vastidão do local para fazer fotos criativas.

 

 

'Game of Thrones': veja 12 cenários de suas séries favoritas que podem ser visitados

Sem mais artigos